Trabalho de Mestrado de Jéssica Rafaela Costa - USP

02-10-2017 18:32
Trabalho de Graduação Integrado
Documento
Autoria
Unidade da USP
Data de Apresentação
Orientador
Banca
Manfredini, Sidneide (Presidente)
Barreiros, André Mateus
Pereira, Michele Flores
Título em Português
Contaminação de solos urbanos: o caso do shopping Center Norte na cidade de São Paulo
Palavras-chave em Português
Pedologia
Antrópico
Poluição
Resumo em Português
O Shopping Center Norte encontra-se implantado na planície fluvial do rio Tietê na zona norte da cidade de São Paulo. O trecho onde se situa este estabelecimento configurava-se naturalmente como zona de dissipação de energia das águas nos períodos de cheia. Tratava-se de uma planície ampla ocupada de depressões que retinham os excedentes hídricos. Devido a sua posição privilegiada em relação a mancha urbana já consolidada, esta área passou a ser objeto de especulação imobiliária em meados do século XX, período em que houve grande demanda por imóveis no centro da cidade, pressionando pela elevação dos preços, fazendo com que muitas pessoas não conseguissem mais ali residir. Apesar das dificuldades que as características naturais impunham, a margem direita do Tietê tornou-se atrativa as pessoas que saiam do centro da cidade. A adequação desta área à construção de uma paisagem urbana, se deu através de aterros com materiais diversificados, tais como inertes provenientes de construções, terra de escavações dos túneis da escavação da linha azul do metrô, dejetos industriais, lixo doméstico entre outras fontes. As análises realizadas pela CETESB entre 2011 e 2014, apontam quantidades de elementos químicos acima dos valores de referência. O propósito da pesquisa ora apresentada foi identificar as possíveis origens desses elementos químicos. Para tanto, deu-se a caracterização do meio físico através de descrições na natureza local em termos pedológicos e morfológicos, além de estudar por meio de mapas de uso e ocupação da terra, como ocorreu a apropriação do local pela população. Os resultados da pesquisa quanto ao modo de ocupação foram confrontados com a origem e os teores de contaminantes que constam dos relatórios do monitoramento realizado pela CETESB. Observando a evolução no uso e ocupação da área, por meio de mapas de uso da terra, não se nota, ao contrário do comumente difundido, grandes pontos de descartes irregulares em áreas de cotas mais baixas, o que não quer dizer que os mesmos não influenciam a situação atual. A significativa quantidade de material depositado na área tem como proveniência os materiais retirados durante a construção da linha azul do metrô e da demolição do edifício Mendes Caldeira, ambas autorizadas pela Prefeitura da Cidade de São Paulo. A análise da pedologia local, todavia, demonstrou a existência de alguns elementos acima dos valores de referência, dentre eles o alumínio e o ferro. Pelo comportamento natural de solos tropicais, esses elementos tendem a concentrar-se, enquanto bário, boro, níquel e cobalto podem ser provenientes de combustão de hidrocarbonetos.
Vejam as fotos na Seção de fotos.

Contacto

Vilaguilherme-sp-com Laurindo Sbampato 235 - Chacara Cuoco - Bairro de Vila Guilherme
Sao Paulo
02076-040
edgard.martins@superig.com.br